Todas as companhias aéreas hoje possuem o seu programa de fidelidade e quanto maior a sua pontuação nesses programas mais benefícios você terá. Nesse post eu vou te mostrar a minha status run para chegar à categoria Gold no Smiles (programa de fidelidade da Gol).


Você sabe o que é status run ? Traduzindo ao pé da letra nós temos uma "corrida por status" e nesse caso, o status, é a categoria do programa de milhagem da companhia aérea. Mas esse termo é usado quando o passageiro opta por fazer uma verdadeira corrida (ou maratona) de voos para atingir uma nova categoria dentro do programa de fidelidade.


Eu sou cliente Smiles e vou te mostrar nesse post o que eu vou fazer para subir de categoria mas antes precisamos esclarecer algumas coisas sobre o Smiles.



Categorias Smiles


O programa de fidelidade Smiles possui quatro categorias: Smiles, Prata, Ouro e Diamante. Em cada uma delas existem benefícios e você pode saber mais sobre as categorias e seus benefícios nesse link.


Assim que você se cadastrar no programa a sua categoria será a Smiles (que é a categoria básica, iniciante no programa). A partir daí você precisa alcançar alguns requisitos para ir subindo de categoria. Para ficar mais fácil fiz um resumo das categorias e o que você precisa para dar um upgrade no seu status dentro do Smiles:


  • Smiles: é a primeira categoria e para acessá-la basta realizar o seu cadastro no site, é gratuito.

  • Prata: para alcançar a categoria prata você precisa acumular 10.000 milhas qualificáveis ou voar 10 trechos GOL (diretos ou com escala ou conexão), domésticos ou internacionais operados pela GOL ou então por suas cias parceiras internacionais (consulte aqui a lista de parceiros GOL), no intervalo de 1º de Janeiro à 31 de Dezembro do ano vigente.

  • Ouro: para alcançar a categoria ouro você precisa acumular 18.000 milhas qualificáveis ou voar 18 trechos GOL (diretos ou com escala ou conexão), domésticos ou internacionais operados pela GOL ou então por suas cias parceiras internacionais (consulte aqui a lista de parceiros GOL), no intervalo de 1º de Janeiro à 31 de Dezembro do ano vigente. É para essa categoria que eu farei o status run.

  • Diamante: para alcançar a categoria prata você precisa acumular 30.000 milhas qualificáveis ou voar 30 trechos GOL (diretos ou com escala ou conexão), domésticos ou internacionais operados pela GOL ou então por suas cias parceiras internacionais (consulte aqui a lista de parceiros GOL), no intervalo de 1º de Janeiro à 31 de Dezembro do ano vigente.


Milhas qualificáveis são as milhas utilizadas para mudança ou manutenção da sua categoria e podem ser adquiridas nos voos (da Gol e de suas cias parceiras), no clube Smiles ou então utilizando o cartão de crédito do programa. Clique aqui para saber mais sobre as milhas qualificáveis.


Os trechos qualificáveis são os trechos (origem e destino final) da sua viagem, excluindo conexões, em voos com a GOL e outras companhias aéreas parceiras elegíveis ao acúmulo de milhas para manter ou mudar a sua categoria. Clique aqui para saber mais sobre os trechos qualificáveis.



A minha status run


No ano passado eu atingi a categoria Prata e passei a ter alguns benefícios como, por exemplo, o despacho de uma bagagem (até 23kg) gratuitamente em voos GOL.


Com a pandemia o número de viagens foi reduzido à praticamente zero e consequentemente o número de voos também. E sendo assim, a GOL ampliou a validade da categoria dos seus clientes até Março/2022.


Na foto abaixo você confere o meu status no programa Smiles:

  • Categoria: Prata

  • Clube Smlies: Plano 2000 (para saber sobre o Clube Smiles clique aqui)

  • Cartão de crédito Gol Smiles: desativado (não trabalho com esse cartão)

  • Milhas qualificáveis: 4.339

  • Trechos qualificáveis: 13



Olhando os trechos qualificáveis faltam apenas 5 para que eu cumpra os requisitos da categoria ouro: voar 18 trechos qualificáveis. Lembrando que no site da GOL temos a seguinte explicação:


Para conquistar uma nova categoria, você precisa acumular milhas qualificáveis ou trechos qualificáveis durante o ano vigente (de janeiro a dezembro de cada ano).


Assumindo essa explicação eu preciso voar mais 5 vezes pela GOL (ou parceiras) até o dia 31/12/2020 para que eu faça o meu upgrade para a categoria ouro. Com a chegada das festas de final de ano eu já faria 4 voos nacionais pela GOL, moramos longe da família e nesse ano tão desafiador, fizemos mais questão ainda de passar em família o final de ano.


Sendo assim me faltaria apenas 1 trecho para que eu fizesse os 5 voos mas tudo que vai volta e eu preciso voltar para casa, né? Então aproveitei uma viagem à São Paulo e inclui mais dois voos para que assim eu cumpra os requisitos da nova categoria: uma bate e volta à Curitiba.


O meu custo total para o up grade de categoria (considerando os dois voos extras) foi de R$409,64 (quatrocentos e nove reais e sessenta e quatro centavos). Mas atenção, essa estratégia de voar para alcançar determinada categoria precisa ser estudada, pensada e trazida para a sua realidade. Observe o meu exemplo:



Por exemplo 1: viagem para passar o Natal com os meus pais esse ano.

Viagem de ida

Bagagem despachada: R$0 (estou considerando que já tenho a minha bagagem despachada gratuitamente pela categoria prata - atual-.)

Marcação de assentos: R$50 (preço médio do assento Gol+ Conforto que tenho optado nesses meses críticos de pandemia)

Total gasto: R$50


Viagem de volta

Bagagem despachada: R$60 (estou considerando que já tenho a minha bagagem despachada gratuitamente pela categoria prata - atual- e que vou despachar mais uma bagagem no retorno - porque vou mesmo.)

Marcação de assentos: R$50 (preço médio do assento Gol+ Conforto que tenho optado nesses meses críticos de pandemia)

Total gasto: R$110


Valor total (ida e volta): R$160 reais em "extras"



Por exemplo2: viagem para passar o final de semana antes do Natal com a família do maridão.

Viagem de ida

Bagagem despachada: R$0 (estou considerando que já tenho a minha bagagem despachada gratuitamente pela categoria prata - atual-.)

Marcação de assentos: R$50 (preço médio do assento Gol+ Conforto que tenho optado nesses meses críticos de pandemia)

Valor gasto: R$50


Viagem de volta

Bagagem despachada: R$60 (estou considerando que já tenho a minha bagagem despachada gratuitamente pela categoria prata - atual- e que vou despachar mais uma bagagem - porque vou mesmo.)

Marcação de assentos: R$50 (preço médio do assento Gol+ Conforto que tenho optado nesses meses críticos de pandemia).

Valor gasto: R$110


Valor total (ida e volta): R$160 reais em "extras"



Ao final das duas viagens eu já gastei R$320 reais, o que dá uma diferença de R$89,64 reais para o valor pago nas duas passagens aéreas (R$409,64) compradas como extras para obtenção do status ouro na Smiles.


Essa diferença eu gastaria na próxima viagem em que eu marcasse apenas os assentos, sem despachar a bagagem. E sendo assim, optei por "gastar" o valor das passagens para subir de categoria porque na categoria ouro eu terei benefícios que trarão facilidade e comodidade nas próximas viagens:

  • 1ª e 2ª bagagens despachadas gratuitamente em voos GOL;

  • Antecipação de voos em até 6 horas;

  • Marcação de assentos comuns gratuitos e 50% de desconto para os assentos conforto;

  • Prioridade de embarque;

  • Prioridade no recebimento das bagagens despachadas;

  • Acesso gratuito ao Premium Lounge da GOL (em voos com conexões longas é uma ótima opção para passar o tempo).



Além desses benefícios uma central exclusiva e disponível 24 horas, acúmulo de milhas com bônus em viagens, a validade das minhas é maior e também permite acesso à outras salas VIP de aeroportos (em caso de conexões internacionais). Você pode conferir nesse link todos os benefícios das categorias Smiles.


Claro que existem passagens mais baratas e formas de otimizar o seu status run mas para o meu cenário de viagens atual (e futuro) essa foi a melhor opção: aproveitar uma viagem à São Paulo, que é a cidade com mais voos disponíveis, fazer os dois voos curtos e rápidos sem interferir na minha programação na cidade.


Saber aproveitar as oportunidades dos programas de fidelidade das companhias aéreas é super interessante para quem gosta de viajar. Você precisa ficar atento às resoluções e letrinhas miúdas, estudar as possibilidades e traçar a sua estratégia. A minha estratégia para 2021, rumo à categoria diamante , começa em Fevereiro!


Esse post ajudou você? Você já fez uma status run? Se sim, conta nos comentários como foi!


E para ficar sabendo de todas as novidades não deixe de seguira a gente nas redes sociais! E assine a newsletter do blog para ser avisado sempre que um post novo for ao ar!



Até ;)